09/05/2012

Histórias Gregas I - As Eras do Homem


Resolvi escrever sobre um assunto que é muito interessante, intrigante e bastante procurado, vou dar um UP nesse blog escrevendo sobre o que gosto, religiões, mitos e histórias.

Vou deixar bem claro que, existem muitas versões de uma mesma história, e com a religião e cultura não é diferente. A Mitologia Grega tem suas variações por região(localização), época e até filosofia(Como a de Hesíodo, Pindaro e Homero), vou contar a que mais acredito e gosto.

1.1 Contexto, motivos e explicações - Princípio

A mitologia era e sempre foi alvo de descrença, mesmo sem estudo de caso ou até mesmo o mínimo de informação, foi banalizada e excluída quase que totalmente da vida moderna. Eu disse quase.
Os deuses gregos eram como o Deus católico é para os cristãos ou crentes (no sentido literal da palavra), temidos, apreciados e seguidos.

Quer você queira ou não, a bíblia é praticamente mitologia. As histórias se encontram como se fossem a mesma contada de maneira diferente, por isso eu disse quase excluída!
A história da Arca de Noé, a história do Sonho do Rei da Babilônia, os Doze Discípulos, entre outros... Todas com um pé a 8 mil a.C., na Grécia e no Egito.

Como eu estava dizendo, hoje a mitologia é o que é, um mito para uma enorme maioria das sociedades, mas antigamente era Religião, e isso não tinha discussão.
As pessoas eram crentes e fervorosas por eles, mas acreditavam que eles mesmo tinham que mudar suas ações, e talvez por isso o Destino tivesse uma parcela grande nessa crença.

É legal afirmar aqui que eles não eram desprovidos de inteligência e nem menos desenvolvidos (até porque hoje não temos ensino e sim  porque acreditavam em Deuses, a "tecnologia"(claro que menos avançada) era absurdamente razoável até nos dias de hoje.
O átomo, a terra redonda, a democracia, medicamentos, a engenharia e educação, ética e filosofia eram temas já abordados de 6 a 4 mil a.C. e super bem resolvidos. Hoje são novidades.

Pela necessidade de proteção das famílias nasceram os Deuses, isso não só com relação a mitologia grega mas em todas.
Quando uma família tinha fartura e prosperidade, as outras aderiam aos seus Deuses (estudo realizado por arqueólogos).

Vou fazer uma rápida relação entre a mitologia grega uma história da bíblia, isso vai nos ajudar também a entender as épocas dos acontecimentos na mitologia grega e ver o quão próximas são essas religiões.

1.2 As Eras do Homem (Escrito por Hesíodo)

- Era e Raça de Ouro:
A imortalidade era dada por Chronos aos homens, mas eles poderiam morrer se quisessem. Viviam sem problemas, sofrimento ou angustias, até mesmo sem ocupar tempo com coisas úteis. A primavera durava para sempre.
A terra, Gaia, produzia comida em abundância e os homens eram alimentados com as melhores frutas, mel e carnes.
Um homem em especial puniu a humanidade quando revelou o segredo do fogo para os homens. Zeus fez Pandora abrir a caixa e libertar todo o mal para reinar na terra e fazer os homens pagarem.
A deusa da justiça, Ástreia, vai embora para não ver mais o sofrimento dos homens.


P.s.: Nunca provoque um Deus, se ele decidiu aquilo siga e pronto. Assim como a Psike quis ver o rosto do Eros, seu marido, e foi punida pela mãe do bonitão, Aphodite.

- Era e Raça de Prata:
Zeus, com raiva dos homens, criou 4 estações e atormentou os homens com frio ou calor, tirando, consequentemente, alguns dos alimentos que normalmente poderiam ser comidos a qualquer época do ano.
Fora tirada também a imortalidade.
Os homens se zangaram com Zeus e começaram a proclamar o nome dos Deuses em vão e com rancor.

- Era e Raça de Bronze:
Zangado com a insatisfação dos homens pela Era de Prata, mais nervoso ainda, Zeus cria uma nova era.
Homens violentos e fortes, sem nenhuma razão lutavam e se matavam, isso fez Hades levados para o Submundo(observe a gradação da imortalidades até o assassinato nas eras) e sem serem reconhecidos e conhecidos pelos outros/futuros homens, não deixaram nome na terra.

- Era e Raça dos Heróis:
Vendo o sofrimento na terra, Zeus amolece seu coração e cria uma nova era, dura igualmente, mas os homens poderiam merecer e serem chamados de heróis, mesmo não sendo semideuses.
Caso eles ajudassem a livrar a terra dos males, quando morressem era levados para a terra dos bem aventurados, sem contato com os vivos, caso não, seriam levados ao submundo para evolução junto à Hades.
Foram divididos em duas partes e cada homem deveria achar sua outra metade, dando assim uma razão para viver, Zeus aproveitou para dar um charme especial nessa outra parte e à comparou às Deusas.

- Era e Raça de Ferro:
Os heróis foram escasseando-se e desaparecendo. Zeus então criou a última era, a de hoje. Miséria, angustia e males qua não podiam mais ser controlados ou afastados. Os dias são cada vez mais terríveis.
 “... O pai não mais se assemelhará ao filho, nem o filho ao pai, o hóspede não será mais caro a seu hospedeiro, nem o amigo a seu amigo, nem o irmão a seu irmão...”.
Chronos passava mais rápido pelos homens e durava menos que 100 anos de vida para eles, Hades os buscava e no submundo eram apenas sombras e esquecia-se de tudo em vida, apenas vagavam à espera de reencarnação ou metempsicose (reencarnação em animais), os injustos eram pra sempre banidos no tártaro.





1.3. O Sonho do Rei da Babilônia (Bíblia)


Em, aproximadamente, 606 a.C., Nabucodonosor, rei da Babilônia teve um sonho confuso que o deixou preocupado.

Era uma época com muitos sábios, profetas e magos. Isso chamou a atenção do rei que já não acreditava no trabalho deles e resolveu juntar a fome com a vontade de comer.

Chamou todos em seu palácio, lá ele pede ara que eles adivinhem e traduzam o sonho que teve. Como nenhum dele lia mentes nem muito menos fazia adivinhação, começaram a ficar assustados, o rei disse que mataria todos se não resolvessem o problema dele.

Daniel, um dos aprendizes pediu um tempo  para conversar com os Deuses. Depois de um tempo voltou com a mais perfeita resposta.

Daniel viu uma estatua em seu sonho.

- A Cabeça de Ouro:
 “Ele deu ao senhor o domínio em todo o mundo sobre os seres humanos, os animais e as aves. O senhor é a cabeça feita de ouro.”

 - Peito e Braços de Prata:
“...Depois do seu reino haverá outro, que não será tão poderoso como o seu…”

- Ventre e Coxas de Bronze:
“… e depois desse reino haverá ainda outro, um reino de bronze, que dominará o mundo inteiro...”

- Pernas de Ferro:
“... Depois, virá um quarto reino, e este será forte como o ferro, que quebra e despedaça tudo. E assim como o ferro quebra tudo, esse reino destruirá completamente todos os outros reinos do mundo...”

- Dedos de Ferro e Barro:
“... Na estátua que o senhor viu, os pés e os dedos dos pés eram metade de ferro e metade de barro. Isso quer dizer que esse reino será dividido, mas terá alguma coisa da força do ferro; pois, como o senhor viu, o ferro estava misturado com barro...”


-

Nenhum comentário:

Postar um comentário