10/10/2012

LinkedIn e Geração Y



Sou geração Y.

O que isso significa?
Significa que sou da geração de incentivos e grandes avanços nas tecnologias.
Geração mutante, sanguessuga, individualista, competitiva e ligada.
Geração essa que tem sede descobertas/conhecimentos a qualquer custo (me senti um pouco sociopata agora, rs).
Geração que muda de emprego facilmente e que não se contenta em ser subordinado sem uma função substancial, extremamente ativa, externa e que leve, acima de tudo, ao conhecimento.

Bela introdução!
Mas o que isso tem a ver com o LinkedIn?


Alguns sites trazem inovações, é o caso do LinkedIn. Pensando nessa busca incessante por conhecimento e inovação, trazem sistemas super úteis para quem está sempre correndo e precisa estar atualizado e ativo na sociedade “profissional”.


Qual é a possibilidade de um site, no Brasil, dar certo?
Qual a possibilidade de um site, que mantém a mensagem de “estou em busca de novas oportunidades” sempre ativa, dar certo?
Qual a possibilidade de um site que mantém seu empregador atual e seu futuro empregador dar certo?


Estamos todos buscando sempre mais. Mais conhecimento, mais dinheiro, mais contatos, mais amigos, mais amores, mais felicidade, mais tecnologia...
Seu chefe, seu estagiário, sua vizinha, sua empregada, não importa, está procurando novas oportunidades e sabe que você também está. Ninguém liga.
O mercado tem que girar. Dinheiro, profissionais, inteligência de mercado, estatísticas, relatórios, sistemas.


A rede internacional, LinkedIn, traz a proposta de manter seu currículo sempre online, mas veja o que acontece por trás das câmeras:


Vantagens:
•    Currículo sempre atualizado e online;
•    Mantém relações diretas e indiretas com pessoas que vocês já trabalhou antes. (fornecedores, clientes, empresas, chefes e subordinados);
•    Vagas/Oportunidades 100% gratuitas (nacionais e internacionais);


Desvantagens:
•    Sistema confuso;
•    Você não consegue entrar em contato com pessoas que trabalhou ou conhece fora do campo profissional caso não tenha o email pessoal delas ou não tenha em outras redes sociais;

•     Descobrir qual é o link/url do seu LinkedIn para envio.


É mais fácil mandar um arquivo ou um link para as empresas que você está interessado?             

http://aponta.me/1Qwn



Nenhum comentário:

Postar um comentário